quinta-feira, 13 de agosto de 2009

LÁ VEM O PATO, PATATÍ PATACOLÁ!



E viva o pato!

Sempre que entro em um restaurante procuro ler todo o menu, prato por prato, acompanhamento por acompanhamento. E adivinha? Fico sempre na dúvida do que comer.

Ah, detesto cardápio com muitas opções, não porque fico com preguiça de ler, mas porque fico confuso com tantas alternativas.

Toda vez que a dúvida bate a escolha é sempre a mesma: PATO, preferencialmente se for confit.

Sabe aquele prato que a gente procura sempre comer para comparar qual restaurante tem o seu predileto? Claro, até hoje, clichê ou não, o melhor Confit de Canard que comi foi em Paris, e só pra constar, logo na primeira noite que cheguei.

Confit, do francês: preservado/conservado, geralmente refere-se a um prato que foi salgado (de um a dois dias) e depois cozido em sua própria gordura. Ou seja, digamos que a escolha foi a usual: pato. Colocamos as coxas de pato, com pele, no sal grosso durante 1 dia (caro podemos adicionar uns temperos). No dia seguinte lavamos para tirar o excesso de sal e em uma panela, grande o bastante para acomodar todas as coxas no fundo, derretemos a gordura de pato (em quantidade suficiente para cobrir todas as coxas) e adicionamos então as coxas; eu coloco uma laranja cortada ao meio e tomilho, e deixamos cozinhar por 2 horas com “bolhas preguiçosas”, ou seja, não pode ferver.

Após cozido aqueça óleo em uma frigideira anti-aderente e com a pele virada para baixo, frite as coxas até ficar a pele bem crocante.

Pronto, agora é só aproveitar essa iguaria que eu tanto adoro.

Leitores, ao deixarem comentários e perguntas, por favor, deixem seu email para que eu possa responder e interagir com todos.

5 comentários:

  1. Chef Sal, gansinho querido!

    confesso que nunca comi isso, sempre tive um pouco de preconceito com pato, e qualquer outra carne diferente... bobeira né!

    Numa próxima oportunidade vou provar e te conto.

    bjobjo

    ResponderExcluir
  2. Ah, eu adoro pato! Mas nunca fiz, acredita?
    Quem sabe não me arrisco agora??
    Estou amando isso aqui, viu?
    bjbj

    ResponderExcluir
  3. Humm...confit de canard também é sempre a minha escolha depois de toda a confusão de um cardápio comprido e cheio de opções. Amei a dica!
    bjs bjs

    ResponderExcluir
  4. ADORO!
    INCLUSIVE ESTAVA JUNTO EM PARIS... HEHEHEHEHEH!!

    ResponderExcluir
  5. Quack!

    Ótima receita queridow! ;]

    ResponderExcluir